15 de jun de 2012

Capitulo 41 ~ Together By Chance / 1 Temporada



“Eu sempre quero mais que ontem, eu sempre quero mais que hoje, eu sempre quero mais do que eu posso ter, mais do que palavras, mais do que promessas, mais do que o mundo pode me dar....” Capital Inicial - Mais  ♫♪


Você-On
Levantei do sofá, e fui ver meu pai na cozinha. Ele estava preparando o jantar.

Seu pai- o Justin não vem?

Vc- não. –sorriso de lado-

Seu pai- por qual motivo?

Vc- o dono da gravadora onde ele tem um contrato, esta fazendo um jantar, só para íntimos. E ele não pode faltar. Pegaria muito mal para ele.

Seu pai- hum... é uma pena.

Vc- mais tudo bem. Não queria fazer ele faltar esse jantar. Temos...

Minha fala foi interrompida por meus pensamentos. Iria dizer que tinha mos muito tempos para ficar juntos.
Mais não temos. Vou embora a menos de uma semana para o Brasil. Um dia após do meu aniversário. Tinha mesmo muito pouco tempo para eu e o Justin ficarmos juntos.

Vc- temos... apenas alguns dias.

Lembrei do meu pai. Também tinha pouco tempo para ficar com ele. Tinha também meus amigos. Eu iria sentir falta de todos.

Vc- quero ficar com o senhor pai, hoje. Sei que quando voltar pro Brasil, vou sentir muito sua falta.

Meu pai da um sorriso. Parecia que ele queria mesmo ouvir aquilo. Sorrir de volta.

Seu pai- Já me acostumei com você aqui filha. Vou sentir muito sua falta.

Eu abraço ele.

Seu pai- então, coloca as coisas na mesa, porque o jantar já esta quase pronto.

Vc- claro.

Justin-On

O carro para em frente à casa do senhor Richard Meelark. Tinha vários jornalistas, paparazzis. Realmente era um jantar importante.
Abri a porta do carro e desci.


Todos tirando minha foto. E eu sorria.



Eu acenava.



Em seguida, desceu Scooter. E todos novamente tirava mais fotos.
A casa do senhor Richard Meelark era bonita. Muito bonita.
Fui entrando, ate que vejo a Dakota de vestindo logo, rosa. Ela estava bonita. Mais eu a olhava como uma amiga. Só uma amiga.
 Ela sorrir e sorrio de volta.

Dakota- você veio.  –abraço-

Jus- não podia faltar. – soltando do abraço -

Dakota- oi Scooter.

Scooter- oi Dakota.

Dakota- vamos ver meu pai.

Dakota nos leva em direção do Richard.

Dakota- pai, eles chegaram.

Scooter- oi senhor Richard. Ficamos muito felizes com o contrato fechado com Cody Simpson.

Richard Meelark- ótimo.

O senhor Richard, era um homem muito arrogante. Pelo ou menos era o que o Scooter, havia me tido.

Jus- casa bonita.

Richard Meelark- obrigado. Agora se de derem licença, vou receber outros convidados.

Ele sai.

Dakota- liga não. Meu pai sempre foi assim. Arrogante.

Jus- tudo bem.

Scooter- bom, eu vou conversar com alguns empresários. É sempre bom manter o contato.

Jus- ta.

O Scooter sai.

Dakota- quer conhecer o Cody Simpson?

Jus- ta.

Eu e Dakota fomos a encontro do Cody Simpson. O novo na gravadora.
A (Seu Nome)  veio em minha mente, como sempre. O que será que ela esta fazendo? Independente do que seja, queria estar com ela.

Você-On

Eu e meu pai terminamos o jantar e fomos para a varanda, conversar.
Estávamos bebendo um suco delicioso, feito pelo meu pai mesmo. Riamos como nunca.
Meu pai estava me contando as coisas que eu fazia quando era menor.

Seu pai- você era uma criança muito elétrica.

Vc- serio? Devo imaginar -rindo-

Seu pai- você subia na arvores para pegar os frutos. E na fazenda de seu tio Jonas?

Vc- eu lembro. Nossa como era bom. La tinha uma cachoeira muito perfeita. Você e a mamãe tinham medo de eu ficar ali sozinha. Era tão gostoso. E no natal, na casa da vovó?

Seu pai- você quebrou dois pratos, tentando arrumar a mesa. – rindo-

Vc- foi mesmo –rindo-

Seu pai- eu senti muito a falta dessas coisas, quando me separei de sua mãe.

Vc- eu também pai. Mais não de certo, eu entendo.

Seu pai- eu realmente queria que tivesse dando certo...

Vc- eu também. Mais fazer o que?
Continuamos conversando e rindo sobre as coisas do passado. Sei que ele não volta atrás, mais as lembranças vão ficar aqui sempre guardas dentro de mim.
Porque é só isso que me resta.









Um comentário: